Guia de Leitura: Coração de Pastor – Capítulo 01

CORAÇÃO DE PASTOR – GUIA PARA LEITURA E DISCUSSÃO
CAPÍTULO 1 – SAINDO DA SALA DO CONSELHO

Introdução

Se você ainda não leu a apresentação do Programa para a leitura e discussão do livro Coração de Pastor, clique aqui.

Antes de iniciar a leitura do livro, leia o prefácio e procure se familiarizar com sua estrutura, por meio de observar o sumário, suas seções principais e os capítulos do livro.

Prefácio

No prefácio do livro, o autor menciona a discrepância entre o que as Escrituras ensinam sobre a liderança pastoral na igreja e a situação real.

  • Como se evidencia essa discrepância? Isso pode acontecer numa igreja reformada onde a igreja é governada por uma pluralidade de presbíteros?
  • Que cuidados a igreja deve ter, especialmente uma congregação que deseja se tornar igreja instituída, para não cair nesse erro?

CAPÍTULO 1 – SAINDO DA SALA DO CONSELHO

Antes de realizar as atividades abaixo, leia o capítulo 1 do livro Coração de Pastor.

O autor menciona que os presbíteros são responsáveis pelos fundamentos sobre os quais a igreja está alicerçada (Ef 2.19,20).

  • Como os presbíteros cuidam desses fundamentos?
  • Como este livro pode ajudar nessa tarefa?

Presbíteros são pastores

O trabalho dos presbíteros nada mais é do que o cuidado pastoral do rebanho de Deus.”

  • Os presbíteros são tão pastores, quanto aquele que geralmente é chamado de pastor, o ministro da Palavra?
  • Conforme o autor, o entendimento de que os presbíteros são pastores, deve moldar a vida da igreja e seu ministério. Por quê? O que pode ser feito para que esse entendimento molde a vida da igreja?

Entre as razões, porque os membros da igreja têm dificuldades em entender que os presbíteros são pastores, e aceitar as implicações dessa perspectiva de pastoreio, podemos listar as seguintes:

  1. Costume adquirido quando esteva sob outras formas de governo (episcopal, congregacional);
  2. Mudanças culturais: trabalho administrativo, mundo virtual, sociedade individualista (vida privada);
  3. Igreja em crescimento e moral em declínio”. A igreja não é vista como família de Deus, mas como prateleiras de supermercado, existem produtos para todas as necessidades e para todos os gostos;
  4. Perda da compreensão sobre o que significa ser membro da igreja.
  • Diante das mudanças sociais e culturais, quais os dois grandes perigos para a igreja, no que diz respeito aos presbíteros?

Atos 20.17-38: Presbíteros, bispos ou pastores?

Leia o texto e observe o contexto histórico: despedida e últimas instruções.

Observe as palavras empregadas por Paulo:

  1. Atos 20.17 – Presbíteros (gr. presbyteros);
  2. Atos 20.28 – Bispos (gr. episcopos);
  3. Atos 20.28 – Pastores (gr. poimen, pastor de ovelhas).

Podemos notar que esses três termos deram origem a diferentes formas de governa nas igrejas.

Sittema chama a atenção para o fato desses três termos estarem relacionados entre si:

  1. O cargo (comissão, designação de autoridade) é de presbítero (At 14.23; Tt 1.5). O termo presbítero literalmente quer dizer “ancião”, o que nos lembra os anciãos no A.T. e a questão da maturidade (qualificações) desses homens.
  2. O trabalho (tarefa referente ao cargo de presbítero), conforme o v. 28 é de “supervisionar”. Os presbíteros devem “atender” (“prosechõ” – “dar atenção”, o que sugere devoção de pensamento e esforço em prol de uma coisa). O trabalho é de bispo (supervisor). “Episcopos”; “epi” que significa “em” ou “sobre”; “scopos” se refere a “visão” ou “vista” (telescópio, microscópio).
  3. O Coração (espírito, caráter) com o qual o presbítero deve realizar o trabalho de supervisão é o de “pastor” (aquele que cuida do rebanho).

# Discussão em grupo:

  • Qual a relação entre o cargo de presbítero e as qualificações requeridas para os ofícios em 1 Timóteo 3.1-7?
  • O trabalho do presbítero, é o trabalho da supervisão pastoral sob o rebanho de Cristo. Por onde essa supervisão deve começar e por quê?
  • O coração do presbítero deve ser um coração de pastor. Como podemos saber se um homem tem um coração de pastor de tal modo que possa servir como presbítero na igreja?

O autor menciona que lobos vorazes atacam as ovelhas com as presas da falsa doutrina e do estilo de vida mundano (At 20.29,30).

  • Qual a consequência da igreja ter presbíteros que não servem como pastores?

1 Pedro 5.1-4: Paixão organizacional ou um coração de pastor?

Leia o texto e observe o contexto histórico: a carta foi escrita para cristãos espalhados por todo o mundo. Pedro os orienta sobre como deveriam reagir diante das hostilidades de uma sociedade anticristã. No final da carta temos um chamado à humildade e ao serviço. Em nosso texto, Pedro se dirige aos presbíteros.

As palavras do apóstolo mostram que os presbíteros são pastores (v.2). Eles devem cuidar do rebanho de Deus. Mas de que forma? Notem os pares com elementos negativos e positivos:

  1. Não por constrangimento – mas espontaneamente;
  2. Não por sórdida ganância – mas de boa vontade;
  3. Não como dominadores – mas tornando-se modelos do rebanho.
  • Um homem deve servir como presbítero, mesmo não sendo chamado por Deus, simplesmente por causa da pressão da necessidade, dos líderes ou de membros da igreja?
  • Um homem deve examinar-se a respeito das suas motivações para ser um presbítero?
  • Domínio sobre as ovelhas é pastoreio?

Notem que o rebanho é de Deus, e tem como Supremo Pastor, a Jesus Cristo. Mas foi confiado aos presbíteros para que o pastoreiem. Portanto, como nos diz Sittema: “Deus chama os presbíteros para dar uma expressão humana ao coração, aos olhos e às mãos do Bom Pastor, Jesus, no cuidado diário do rebanho”.

# Discussão em grupo:

Uma vez que os presbíteros são pastores que representam a Cristo, o Supremo Pastor:

  • Qual o perigo de termos homens desqualificados no ofício?
  • Que cuidados os presbíteros devem ter enquanto pastoreiam?
  • Como os membros deve reagir ao pastoreio por meio dos presbíteros?

Os presbíteros são chamados para serem pastores, não administradores:

  1. Administrar – é gerenciar, aplicar determinados recursos para atingir objetivos cuidadosamente planejados. É uma questão de organização e intelecto;
  2. Pastorear – é educar, uma função que envolve cuidado, que exige força e mansidão, e nasce de um profundo amor pelo bem-estar do rebanho.

A igreja não é uma empresa em que as coisas se resolvem com reuniões, mas é o rebanho de Deus, que precisa de cuidado pastoral.

  • Onde os presbíteros devem investir mais tempo, nas reuniões ou nas visitas pastorais?

O bom pastoreio é um trabalho que vem do coração e depende muito do relacionamento íntimo que existe entre o rebanho e o seu pastor na medida em que ouvem a voz dele e o seguem”. Sittema

  • Um homem que não valoriza os relacionamentos na comunhão dos santos, pode servir bem como presbítero da igreja?
  • É importante a forma como o presbítero vê o rebanho de Cristo? (como ovelhas preciosas ou porcos-espinhos)
  • De que forma as ovelhas podem ouvir a voz de Cristo por meio dos presbíteros?

A igreja deve esperar ser amada por seus presbíteros. Mas deve saber que este amor muitas vezes requererá não só palavras confortadoras, instrução e encorajamento, mas também repreensão, e disciplina até.

# Discussão em grupo:

  • É importante investir na qualidade e na profundidade dos relacionamentos entre os membros da igreja, especialmente dos homens? Como isso pode afetar o pastoreio da igreja?
  • Como a igreja deve responder ao amor de Cristo, revelado por meio do trabalho pastoral conforme 1 Ts 5.12,13?
  • O que os pastores podem fazer para melhor se relacionarem com os membros da igreja?
  • O que os membros da igreja podem fazer para melhor se relacionarem com seus pastores?

Conclusão

Os presbíteros são chamados a supervisionar o rebanho de Deus com um coração de pastor. Eles devem amar as ovelhas de Cristo, e serem amados por elas. É responsabilidade dos pastores e dos membros da igreja construir pontes de amor, para que o Supremo Pastor, seja louvado através do pastoreio dos presbíteros.

Baixe o arquivo em pdf, para imprimir e usar com o seu grupo.

Guia para Leitura e Discussão: Coração de Pastor 01

© Direitos reservados 2017, Elienai Bispo Batista

You might be interested in